domingo, 1 de maio de 2016

Porque deve comer como um japonês

Comer como um japonês reduz o risco de morte precoce por ataque
cardíaco ou problemas de coração.

Mais saúde e mais anos de vida. Esta é a promessa da alimentação
japonesa, agora associada a um menor risco de morte precoce por
doenças cardíacas.

Segundo um estudo do Centro Nacional de Saúde Global e Medicina em
Tóquio, a dieta japonesa – rica em grãos, vegetais, frutas, peixe e
carne – é a chave para a longevidade e para a prevenção de alguns dos
problemas mais comuns e resultantes da má alimentação.

Depois de analisarem, durante 15 anos, 36.624 homens e 42.920 mulheres
com idades compreendidas entre os 45 e os 75 anos e sem histórico de
problemas cardíacos, de fígado ou cancro, os investigadores notaram
que os participantes que seguiam mais fielmente a dieta japonesa
apresentavam menores riscos de morte precoce, lê-se no Daily Mail.

Falamos de uma queda de 15% da probabilidade de morrer precocemente no
espaço de 15 anos, o que faz os cientistas crerem que a alimentação
japonesa pode ser uma chave para a longevidade saudável, já que o
menor risco de morte estava directamente associado a uma queda
significativa da probabilidade de ter problemas cardiovasculares.

Para a ciência, a dieta japonesa assemelha-se à dieta mediterrânea na
hora de preservar a boa saúde da população, uma vez que ambas
alimentações são ricas em produtos naturais e cozinhados de forma
saudável.